Apoio Takeda

Apoio Gedii

ECCO 2019 - edifíciosECCO 2019 - data

sexta-feira, 08 março 2019 13:16
Atualidade

Organoides intestinais: nova ferramenta para o estudo da colite ulcerosa

Na sessão 4, dedicada ao tema sobre as melhores práticas na colite ulcerativa, K Arnauds mostrou que organoides derivados de biópsias intestinais inflamadas de doentes com colite ulcerosa perdem o seu fenótipo inflamatório durante a cultura ex-vivo. No entanto, é possível induzir in vitro o ambiente inflamatório intestinal, pelo que os organoides podem ser usados como meio de investigação personalizado da colite ulcerosa.

“Os organoides intestinais são culturas de tecido tridimensional e auto-organizadas derivadas das células estaminais intestinais, que mantêm diferenciação celular específica de tecido e região”, introduziu a oradora, acrescentando que “os organoides apresentam alterações específicas de doenças inflamatórias intestinais (DII) e permitem a cultura a longo-tempo e o biobanking”. A questão investigada pelo grupo de KU Leuven, Bélgica, foi se os organoides derivados das células estaminais intestinais mantinham as características inflamatórias presentes nas biópsias inflamadas de cólon dos doentes colite ulcerosa, em comparação com as biópsias não inflamadas. As criptas são glândulas intestinais que contém diversos tipos de células, incluindo as células estaminais intestinais. A análise das sequências de RNA das criptas purificadas da biópsia demonstrou que as de origem inflamada apresentavam um fenótipo inflamatório, em contraste com as de origem não inflamada. Todavia, os organoides derivados das criptas de origem inflamada perderam a maioria da assinatura inflamatória após uma semana em cultura, tornando-se a sua assinatura indistinguível dos organoides não inflamados após 4 semanas em cultura. Por esse motivo, a palestrante concluiu: “não é essencial obter biópsias em regiões inflamadas de doentes com colite ulcerosa para cultura organoide; a inflamação deve ser re-induzida pela adição de estímulos inflamatórios ou de componentes imunes”.

Subscrever Newsletter do Congresso

Agenda

mar06
08:00-14:10
HB4 M1-2, Bella Center
mar06
08:00- 11:30
Auditorium 15, Hall A, Bella Center
mar07
12:15-12:30
Plenary Hall, Hall A, Bella Center
mar07
12:30-14:00
Plenary Hall, Hall A, Bella Center

Área Reservada